Voando com custo baixo

5 11 2009

Olá!

Os preços mais baratos são alcançados porque todos os serviços são pagos a parte, como o lanche a bordo

Os preços mais baratos são alcançados porque todos os serviços são pagos a parte, como o lanche a bordo

O Brasil é um país de dimensões continentais, isso não se discute. Mas o que adianta ter tanto lugar pra visitar com distâncias enormes se grande número desses destinos não é acessível de avião. Ou pior, a passagem aérea é mais cara do que para outros destinos internacionais.

A realidade brasileira poderia ser melhor se por aqui a concorrência fosse maior, o que começou a se desenvolver no início deste ano com a entrada da Azul no mercado com proposta de “low-cost flight”. Mas ainda é pouco se compararmos com mercados como o europeu e os EUA.

Hoje o Brasil tem déficit de aeroportos, o que causa muitos transtornos com o congestionamento no fluxo de vôos. É bem verdade que aos poucos está mudando, além da Azul, ainda há a Ocean Air, a Trip, a Webjet e a Pantanal se desenvolvendo e criando rotas em cidades menores mas com necessidade de conexões aéreas como o interior paulista e a região pantaneira (principalmente com a demanda dos milionários do agronegócio).

As grandes TAM e Gol estão, certamente, lutando por cada pedacinho deste terreno e é cada vez mais freqüente o número de promoções. Mas ainda estamos longe do ideal.

Mas afinal o que é o “low-cost flight”? São tarifas aéreas com o mínimo de preço. E muitas empresas estão surgindo mundo a fora. Na Europa por exemplo a briga de foice por clientes é “sangrenta” e com umaboa pesquisa o cidadão pode arrumar vôos por até 10 euros!

Só que nem tudo que reluz é ouro. Eu mesmo não consegui achar essas maravilhas, pois a palavra chave neste caso é antecedência. Quanto antes você comprar sua passagem maiores são as possibilidades de um pechincha. Só que o valor da tarifa pode omitir outros custos. Muitas vezes o passageiro é cobrado à parte taxa de bagagem, utilização de cartão de crédito na compra, valor da emissão do bilhete, e ainda vendem o lanche a bordo. Então na ponta do lápis pode não sair tão barato assim.

Outra preocupação para quem quer usar este serviço são os destinos, muitas vezes limitados, o que atrapalha a logística da viagem, ou seja, as vezes pensando em economizar você pode parar 100km de distância do seu destino final e o barato acaba saindo caro. Mas não se pode negar que ir de avião é muito mais seguro, prático e rápido só depende de quanto você quer pagar.

Essa realidade aos poucos se instala aqui no Brasil, mas se você estiver planejando sua viagem em território europeu ou nos EUA aconselho a considerar a opção do “low-cost flight” e começar a procurar os melhores preços. Senão é melhor pedir carona!!!

Anúncios

Ações

Information

One response

7 11 2009
Ana Luisa Maia

Ro, adorei seus comentários. Adorei as fotos, e foi uma viagem ler tudo isso. Juro que se eu não fosse casada, ia me programar para próxima viagem com vc. Quem sabe convenço o Rodrigo, mas realmente é preciso muito espírito de aventura! Qual é o próximo destino?

Adorei !!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: