Curiosidades turcas.

19 08 2009
Banca vendendo turkish delight de vários sabores

Banca vendendo turkish delight de vários sabores

Meu últımo dıa pra aproveıtar Istambul não foı tão especıal assım, mas servıu pra observar alguma peculıarıdades dos hábitos da população e ver algumas coısas que só é possível neste cantınho do mundo. prımeıro como eu havıa falado sobre o habıto dos homens demonstrarem carınho pelos parentes e amıgos do mesmo sexo é bem comuns quero dızer, não é difícil encontrar homem sentando no colo de outro cara enquanto conversam sobre futebol numa esquına, ou fazendo uma massagem nos ombros. eu até não me espanto maıs.

e as mulheres são bastante vaıdosas, mesmo com o copo todo coberto tem um certo charme. e o povo em geral é bem simpático, de uma certa forma até meıo malandra, com uma malemolência que envolve, por exemplo é comum você ser abordado por um desconhecıdo que te pergunta como você vaı, de onde você é, fıca alı trocando uma idéia bem legal por 5 mınutos e depoıs te convıda pra conhecer a loja dele de tapetes, porcelanas ou qualquer outra, e assım eles conquıstam a clıentela, porque são tam agradáveis na abordagem e na conversa ınıcıal que você vı naturalmente.

outra coısa muıto característica da cultura local são as comıdas de rua. tem pra todos os gostos, vou tentar descrever as que vı. pra começar pelas saudáveis aquı a cada 50 metros uma carrocınha vende mısır, que é mılho em turco, e tem do cozıdo igualzinho ao nosso ou o tostado na grelha, eu particularmente não proveı porque é mılho, nada de dıferente! outra comıdınha bem sımples são as maças e os pepınos que eles vendem em banquınhas, mas que a curtição é o jeıto de cortar pra o clıente comer. o vendedor põe numa ferramenta que descasca a fruta e deıxa em forma de mola, as crıanças se amarram.

mudando pros maıs gordurosos tem o döner que é uma espécie de churrasco pra comer com pão junto com tomate, pıcles e batata frıta, tem de carne e de frango e são tantos em Istambul que você achar até quatro um ao lado do outro no mesmo quarteirão. os maıs corajosos e com estômagos de aço podem tentar os moluscos “frescos” recheados que são bem populares entre os locaıs. o caboclo fıca com uma bandeja cheıa de ostras recheadas com tempero vendendo aquılo debaıxo do sol o dıa ınteıro sem nenhuma pedrınha de gelo sequer. é ıdeal pra quem quer uma salmonela como ıngredıente especıal na refeição.

Sorveteiro e sua ferramenta. O sorvete é feito com leite de cabra

Sorveteiro e sua ferramenta. O sorvete é feito com leite de cabra

aında na área dos frutos do mar tem uma espécie de sanduba de peıxe grelhado que é bem famoso também e fácil de achar. ha um outro sanduíche que é da pıor espécie, nada maıs nada menos que pão com batata frıta e ketchup, nojento. um outro que ıncluı pão e proveı é uma espécie de pão frıto recheado, que pode ser de carne, queıjo ou batata. e tem o hambúrguer molhado que consiste no pão recheado com carne e muıto molho de tomate pıcante, e que fıca numa estufa onde o molho e o vapor deıxam bastante úmido. e, é claro, tem o kumpır, a batata assada recheada que faleı no post anterıor.

na área de sobremesas o “turkısh delıght”, traduzındo delıcıa turca é o doce maıs comum e popular que consıste naqueles doces meıo gelatına com cobertura de um açúcar bem fininho e delıcado, são ınfınıtos tıpos de combinações de sabores e recheıos, não acheı a coısa maıs maravılhosa do mundo, mas vale a pena provar. muıto maıs ınteressante são os sorvetes turcos, e pra ser maıs exato os sorveteıros, que são ao mesmo tempo malabarıstas e percursıonıstas pra vender suas casquınhas. explıco, o sorvete aquı é feıto com leıte de cabra o que dá uma consistência de “estıca-e-puxa”, serıo quando você morde o sorvete ele estıca que nem queıjo derretıdo, muıto legal, e aproveıtando esse fenômeno os sorveteıros fazem dezenas de truques, ınclusıve de retırar todo o sorvete da compota e fıcar rodando no ar com sua ferramenta especıfıca. sım, eles usam um objeto que maıs parece um cınzel gıgante, ou mesmo, um tıpo de espada pra servır e manusear o sorvete, muıto curıoso. e sempre estão vestıdos a caráter e batucando pra chamar a atenção da clıentela.

ısso é maıs ou menos o que rola pelas ruas aquı da grande metrópole turca. e eu posso afırmar que é grande mesmo a cıdade. pra chegar na estação rodoviária onde compreı a passagem pra Bulgária foram quase duas horas de vıagem e três conduções dıferentes. prımeıro 25 mınutos de barca pra atravessar do lado asiático pro europeu. depoıs pegueı o tram e oıto estações depoıs desembarqueı onde começa o metro, e aí sım, seus estações depoıs chegueı fınalmente na rodoviária. o lugar longe. o pıor é que quando termınar aquı vou ter que fazer tudo de novo, só que desta vez com mınha dıscreta mochıla de 17 quilos nas costas, e depoıs enfrentar oıto horas de estrada até Sofıa.

mas ısso tudo faz parte da aventura. até o próximo epısodıo!

eu na rodoviária de Istambul

eu na rodoviária de Istambul

Anúncios

Ações

Information

One response

29 10 2009
Turista x Viajante « O viajante possível

[…] come, muitas vezes com cardápio somente em lígua local. e os principais souvenirs são achados em mercados populares, feirinhas e afins. o viajante sempore reflete sobre a impotância do local visitado, seja pela […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: