Rogerius Fabricius vs o colosso de roma.

5 08 2009
O coliseu por dentro

O coliseu por dentro

Hoje me arrepiei novamente. acordar e lembrar que estou em Roma é surreal. ainda me pego com os pensamentos nas nuvens duvidando que o que vivo é real. é tão inacreditável ver com os próprios olhos o que só conhecia por fotos e filmes. tão incrível ver que o ser humano é tão diferente e tão igual ao mesmo tempo, não importa que pais viva, em que deus acredite ou qual língua fala.

e foi assim, meio sem acreditar ainda que vi o Coliseu, gigante, onipresente e secular. mesmo tendo que enfrentar uma fila de meia hora não perdi a alegria de estar num dos lugares de maior importância histórica que existe, alem de ser uma das sete maravilhas do mundo – mais uma pra lista!

entrar no gigante adormecido me fez saltar no passado e sentir o cheiro do sangue derramado, a adrenalina dos gladiadores, a euforia do publico. fechar os olhos e imaginar o estádio cheio pra ver mais um dos jogos oferecidos pelo imperador. e por mais que a vista seja conhecida graças a grande divulgação e fama do coliseu, estar lá dentro é quase mágico.

A fontana di Trevi, lotada!

A fontana di Trevi, lotada!

depois segui para a outra parte do complexo onde fica o palatino e o foro romano, em resumo o centro da Roma antiga. Ruínas de palácios, estádio e templos como o de saturno são impressionantes. ver aquelas estatuas de mármores e colunas esfarrapadas pela ação do tempo. colossais construções de uma época em que o poder era medido pelo tamanho das obras construídas.

alem das ruínas romanas eu segui para outras atrações da cidade eterna e me encantei com pôsteres do cinema italiano e com a riqueza de detalhes do palácio do Capitólio, centro do poder daqui. mais um pouco de caminhada por ruas de transito bem intenso – de carros, lambretas e turistas – e encontrei uma multidão, e atrás da parede humana a indefectível Fontana de Trevi, realmente um espetáculo, mas tão cheia de gente ao redor que não pude apreciar muito sua beleza.

na seqüência o Pantheon com colunas bem imponentes e a piazza Nuovona onde fica a embaixada brasileira com nosso pavilhão desfraldado aos quatro ventos.

Roma é isso pelas ruas existem mais ruínas históricas que coco de cachorro. cada centímetro que se caminha é uma nova descoberta e como dizem os romanos, é preciso mais que uma vida inteira pra se conhecer Roma. ainda bem que ela é eterna.

ciao!

O Panteon de Roma, uma das igrejas mais antigas do mundo

O Panteon de Roma, uma das igrejas mais antigas do mundo

Anúncios

Ações

Information

2 responses

7 08 2009
dinda ju

Oi Ro
esta parte da viagem esta emocionante e as fotos são lindas
o unico problema é que aumenta a saudade de voce
bjkarinhosa
dinda

24 10 2009
O Papa eh Pop! « O viajante possível

[…] em algumas partes a escada tem a largura do meu ombro. Mas ao alcançar o topo é possível ver Roma inteira, 360 graus. Espetacular, por aquela vista eu subiria o dobro. E eu não sou o único a […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: