San Marino: tão pequenininho com uma história tão grande!

31 07 2009

ciao tutti amici!

Uma das torres do Castelo de San Marino, no alto do monte Titano

Uma das torres do Castelo de San Marino, no alto do monte Titano

O tempo às vezes passa tão rápido quando se viaja que ainda em Veneza tive que sair correndo pelas ruas pra chegar a tempo de tomar o trem pra Rimini. foi digno de filme de ação, pois naquele labirinto e com pressa não me perder foi a maior façanha. entrei na minha cabine faltando 1 minuto pro trem partir, foi por muito pouco. três horas e meia depois desembarquei em Rimini onde se pega o ônibus pra subir até San Marino, um dos menores paises do mundo.

Com aproximadamente 30 mil habitantes, san marino é a republica mais antiga do planeta, fundada ha mas de 1700 anos atrás. por isso continuou autônoma quando os outros estados se uniram e formaram a Itália que conhecemos hoje, isso na segunda metade do Século XVIII. a economia esta crescendo e com ela especulação imobiliária, mas ainda se pode chamar este minúsculo pais com taxa de criminalidade praticamente zero, de pedacinho do paraíso no alto da montanha.

Chegando aqui fui hospedado pela Jenny e pela Sarah, que moram na vila de Serravalle, numa casa em uma fazendinha produtora de vinho. lá moram os pais de Sarah e os irmãos com suas respectivas famílias, e logo que cheguei fui recepcionado com um jantar bem regado, com direito a vinho da própria fazenda, alias eles tem uma horta bem grande e tudo que se consome aqui é colhido lá. aqui me senti em casa instantaneamente, andei descalço e ajudei a cuidar da horta, comi tomate tirado do pe e uva direto do vinhedo, uma experiência única.

No dia seguinte subi para o centro histórico onde ha uma infinidade de lojas de souvenir, selos dos mais diversos – pois produzir selos é uma das principais atividades econômicas daqui – e é claro muito prédio antigo, museu de armas medievais e castelos. um lugar bem interessante, e que nos no Brasil às vezes nem lembramos que um pais tão pequeno pode existir.

Por dentro do castelo em San Marino

Por dentro do castelo em San Marino

A nação toda é menor que Jacarepaguá e tem menos gente que o rio das pedras, mas caros de luxo correm pelas rodovias daqui. É praticamente uma cidadezinha de interior que é independente, mas alem da língua a cultura e a culinária de san marino são as mesmas da Itália, eles só se mantiveram independentes porque em time que está ganhando não se mexe, e fizeram certo.

Ao voltar pra casa das meninas aproveitei o resto do dia na piscina, fizemos a janta com salada de alface e tomate colhidos na hora e um penne integralle ao pesto, tudo bem fresquinho e gostoso. De noite uma sessão de filme e depois dormi o sono dos justos. Agora me preparo para seguir em frente, mas com uma sensação de que poderia ficar um mês inteiro aqui vendo a vida passar, cuidando da horta e ajudar na colheita da uva e preparação do vinho, mas sei que ainda existem muitas aventuras pela frente!

A Fazenda on de fiquei

A Fazenda on de fiquei

para fotos: San Marino

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: