Kutná Hora até o osso!

14 07 2009
a catedral de Santa Bárbara em Kutná Hora

a catedral de Santa Bárbara em Kutná Hora

Bom, chegou o dia que tive que dizer adeus à Karolina e seguir meu rumo. botei as tralhas de volta no mochilão e pé na estrada, mas primeiro precisava arrumar um albergue pra passar a noite pois ainda faria um tour rápido por Kutná Hora e dormiria uma noite mais.

Como tenho um GPS implantado no cérebro não é difícil conseguir me localizar pela cidade, e pra variar já estava até dando informação pros turistas, fui rápido pro centro e me conectei na Internet para algumas consultas rápidas e pra fazer solicitações de sofá pra minhas próximas paradas.

Achei um albergue ótimo e barato pertinho dali, e deixei minhas coisas por lá e fui correndo pra estação de ônibus em Florenc pra seguir pra Kutná Hora. em menos de quinze minutos já estava subindo no busão e logo de cara encontrei três franceses que estavam comigo no encontro do couch surfing. dos três dois falam espanhol e inglês, o outro fala francês e inglês então foi uma misturada de idiomas sensacional como sempre. deixamos a garçonete do restaurante tontinha. a mocinha não entendeu nada quando perguntou se nos éramos espanhóis e dissemos que não. era um brasileiro e três franceses…

Após merecida refeição subimos as ladeiras da cidade antiga pra chegarmos a estonteante catedral de Santa Bárbara. em tempos medievais Kutná Hora disputava com praga como cidade mais rica e importante da Bohemia, pois lá existia grande mineração de prata. por isso a catedral de Santa Bárbara é tão gigantesca quanto a de São Vitto na capital tcheca.

por dentro da Catedral do Ossuário, tudo feito com ossos humanos

por dentro da Catedral do Ossuário, tudo feito com ossos humanos

Depois de uma meia h ora observando cada detalhe resolvemos descer pra outra atração da cidade e talvez a mais inusitada de toda republica tcheca: a catedral do ossuário. Sim tudo na igreja é feito de ossos humanos,vitimas de guerras ou da peste negra. ao todo ossos de 40 mil pessoas compõe os detalhes da, digamos, decoração, da igreja, que tem crucifixo, lustres, brasão, pirâmide, tudo feito de restos mortais dos fieis. super bizarro, mas muito interessante.

Ao fim de nossas aventuras voltamos ao mesmo restaurante e perguntamos a nossa amiga qual era a maneira mais fácil de voltar pra Praga, trem ou ônibus. ela falou que o trem era melhor e mais barato e mais rápido. fomos contentes e pimpões pra estação, que estava deserta. bilheteria fechada, nenhum sinal de vida… procuramos por alguém pra dar informações e só achamos um tiozão que só falava kaput, ou seja, não tinha mais trem naquela estação secundaria pra levar-nos até a principal onde pegaríamos a conexão pra Praga.

O jeito foi caminhar pelos trilhos e rezar pra que ainda houvesse alguma coisa que nos levasse de volta. com 10 minutos de caminhada uma buzina começou a soar e avistamos uma espécie de vagãozinho único vindo na nossa direção. um dos franceses fez sinal desesperadamente… e o mais incrível, o maquinista parou! corremos desembestados pra sermos salvos, subimos no vagão em um pulo e respiramos aliviados. pagamos os tickets e descemos na estação central. uma ultima surpresa é que o trem seguinte pra praga ainda demoraria uns 50 minutos, e não tinha um lugarzinho sequer pra comprar água. como o que não tem remédio, remediado esta ficamos mofando lá até o bendito chegar. depois realmente chegamos rápido na cidade e tudo terminou bem e com mais uma boa historia pra contar.

agora sim é hora de dizer até breve pra praga! nesta terça vou pra cesky krumlov e depois sigo pra Áustria!

eu e os franceses caminhando pela linha do trem

eu e os franceses caminhando pela linha do trem

Anúncios

Ações

Information

3 responses

14 07 2009
Mãe e família

Saudades,

são interessantes as fotos, impressionantes pela beleza do local a igreja de ossário deve ser fascinante. Agora tome muito cuidado com a sua gula para não ficar uma bolinha de novo e com a bebida também, cuide-se

beijos de todos.

15 07 2009
Ana Paula

Onde é esse lugar de nome esquisito?????? Isso é de comer????? risos… Bjs

8 12 2009
Grande Pechincha – capítulo III – República Tcheca « O viajante possível

[…] a R$14,oo ,onde é possível conhecer a principal cervejaria do País a Pilsner Urquell. Há ainda Kutná Hora, onde a catedral de Santa Bárbara e a igreja do Ossuário tiram o fôlego dos visitantes. Para […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: