Sentindo na pele

26 03 2008
jantar em família

jantar em família

Os dias passam muito rápidos, faz quase uma semana que estou em Posadas vivendo como argentino e como tal estou inconformado com o absurdo do protesto dos fazendeiros. E as coisas estão piorando. Está começando a faltar coisas nos supermercados. Nas estradas os caminhoneiros e outros motoristas estão entrando em conflito com os manifestantes. E em Bs As as pessoas foram às ruas pra apoiar o governo e outras pra apoiar os camponeses, e pra variar a porrada comeu.

O pior é que a polícia não faz nada. E está impossível viajar, e como foi feriadão muita gente se f”·$%&%&//$udeu. Mas deixando de lado os problemas regionais vamos ao resumo dos últimos dias.

sempre se encontra um lugar para uma soneca

sempre se encontra um lugar para uma soneca

Ontem foi a despedida do Ray, muito sangue bom. Fomos comprar suas passagens pra Puerto Iguazu e de volta a Bs As e ele falou que iria beber um pouco pra poder dormir no busão e qualquer coisa era só a gente colocar cartazes indicando o que fazer para que populares o auxiliassem.

Compramos uns ingredientes pra fazer o jantar comemorativo. Muitos vegetais, peixe e lula. E vinho é claro, mas só eu  e o Ray bebemos, por isso não foi difícil ele ficar mais louco que o Lobão. Eu como bebi a maneira local, misturando com água mineral com gás não senti nenhum barato, fiquei normal.

Preparamos o jantar, eu fiz a salada, e arrumamos a mesa no jardim à luz de velas muito maneiro. E celebramos a amizade e as coisas boas da vida. Ray fez questão de dar-nos seu endereço e disse que as portas de sua fazenda no Kentucky estarão sempre abertas, inclusive poderemos pilotar seu trator, legal!

Hoje rodamos a cidade para que Anders e Soledad resolvessem algumas coisinhas, pois ele está tentando visto permanente e em seguida naturalização Argentina. E também acompanhamos o desenlace dos tumultos por todo o país, como uma novela que já ta muito repetitiva.

Depois fomos a um estúdio de tattoo onde fiz uma pra marcar pra sempre a viagem. Mas qual é o desenho e qual parte só quando eu voltar ao Brasil.

Estou inteiro e esperando uma solução do governo, pois do jeito que estão as estradas cheias de bloqueio não quero me aventurar e correr o risco de ficar preso de novo.

tatuagem em celebração da aventura

tatuagem em celebração da aventura

fui!

Anúncios

Ações

Information

3 responses

26 03 2008
Tati

Amigo! Muito em falta com você… Tantas coisas por aqui. Mesmo não acompanhando sempre as suas aventuras fico sempre sabendo pelo Lex. E que aventuras…

Nova tatoo! Onde será… Hum…

E volta logo, tô com saudades! Para com esse papo de estrada cheia de bloqueios. Pega logo um avião e pára de desculpa para prolongar essas férias. Você nem sabe o que te espera aqui…

Beijos!

27 03 2008
Renan

Eu acho que a tatoo é algo escrito em espanhol, alguma expressão argentina….!!!

27 10 2009
Cachi e o valle encantado « O viajante possível

[…] e combinei com toda a cabeçada argentina de sairmos juntos hoje a noite. Amanha tomo o busão pra Posadas as […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: