Entrando numa fria, mas no bom sentido!

26 02 2008
arg 134

El Calafate

Dormi até as 11h. Fazia tempo que não dormia sem ter que me preocupar com o horário de levantar, mas como minha excursão até Perito Moreno saía só às 15h tinha bastante tempo disponível. Desci até à beira do Lago Argentino e fiquei admirando a paisagem e relembrando tudo que já vivi até aqui na viagem.

Aqui em El Calafate estou literalmente sozinho pois meus companheiros de viagem já voltaram pro Brasil ou ficaram por Buenos Aires, pra não dizer que não há nenhum rosto familiar eu encontrei o Denzel, da Inglaterra e que estava hospedado no Sandanzas e também no mesmo hostel que eu aqui. E por falar em hostel meu companheiro de quarto, o seu Antonio, é um espanhol coroa e aventureiro que fala mais que eu, dá pra imaginar?

Voltando a hoje, depois da caminhada fui almoçar em um restaurante. descolado chamado Casablanca e comi m sanduíche vegetariano de entrada e uma panqueca deliciosa com molho persa que leva cebola e blue cheese. Pra sobremesa tiramisú e um cerveja artesanal pra acompanhar tudo.

arg 146

chegando em Perito Moreno

Mas vamos ao que interessa. Eu estava ansioso pra ir até o Glacial Perito Moreno, o maior dessas bandas com 5km de largura a e mais de 13km de extensão, com 55 de altura um gigante de gelo. Peguei a condução bastante confortável. A viagem leva mais ou menos 1h30 e a paisagem da patagônia é um belo aperitivo.

De um lado estepes vastas e do outro o belíssimo lago argentino, isso já valeria a pena, mas de repente as montanha cobertas de neve começaram a surgir. Eu comecei a ficar inquieto e emocionado, quando então ele se mostrou ao longe, uma enorme parede branca-azulada, impressionante. Cada minuto ficávamos mais perto daquele colosso e mais impaciente pra vê-lo de perto.

Passamos na entrada do parque nacional Los Glaciares, que foi fundado pelo próprio Francisco Perito Moreno, em 1903, o primeiro da Argentina. Mais dez minutos e pronto! Não consegui pensar em nada, fiquei completamente deslumbrado. As cores, as dimensões, os estrondos do gelo se rompendo e caindo na água, tudo impressionava, o tempo parou naquele momento. Não existe nada que se compare com aquilo.

arg 156

eu tenho o gelo. quem trouxe o whisky?

O clima estava quente, mas obviamente próximo ao glacial o vento cortava e fui obrigado a colocar o casaco que levei especialmente. E desci até o ponto mais próximo possível, mas não o suficiente pra tocá-lo, pois é muito perigoso  por causa das rupturas constantes, você está lá e de repente um bloco de gelo do tamanho de uma casa duplex cai fazendo o maior estardalhaço.

Aliás, uma pena eu não consegui fotografar o momento do gelo caindo, pois acontecia rápido demais, só dava pra pegar mesmo o efeito dele se espalhando na água. Eu fique extasiado, não cansava de olhar pra ele e as montanhas nevadas que o cercam e vi que o mundo é muito maior que o meu quintal e que existem tantas coisas maravilhosas pra se ver que os problemas da vida são besteiras.

arg 167

enormes pedaços de gelo se soltam em estrondos como os de trovões

A saída do parque foi às 20h, nada demais pois aqui o sol se põe depois das 22h. O que me deixou um pouco decepcionado é que não faz o frio que gostaria, mas tudo bem. Amanha vou pra El Chaltén onde tem a outra atração principal daqui, o Monte Fitz Roy, fico o dia todo fora. Os meus pés estão me matando, mas para ver esse espetáculo natural todo sacrifício é pouco. E por falar em sacrifício, quinta parto pra Mendoza, e detalhe, de ônibus, 40h de viagem, mas faz parte.

Até mais!

Anúncios

Ações

Information

6 responses

1 03 2008
Aline

Nossa, vi as fotos… Lindoooo o lugar!!
E, Que bom que pode estreiar o casaco que você comprou em Buenos Aires néh.
Boa Viagem e.. “Suerte”!
*Bessos*

28 10 2009
Na esquina do nada com lugar nenhum « O viajante possível

[…] toda a roupa exigida: sunga, calça de tactel, calça de lan, blusa e o casacão que já usei em Calafate Em San Pedro todas as construções são de adobe, mistura de barro e água tradicional da […]

29 10 2009
Fitz Roy, muito prazer. « O viajante possível

[…] Antes de entrarmos na cidadezinha uma parada no centro de visitantes do parque para algumas instruções  e receber o mapa das trilhas. Quanto a isso não é nada muito diferente do que temos na Floresta da Tijuca, a diferença é que tem muito gelo e neve ao redor. Eu ficava pensando em quanto tempo eu levaria caminhando até alcançar a parte nevada das montanhas, doce engano, elas ficam muito no alto e distantes, não dá pra chegar em menos de sete horas de caminhada, e sete horas são todas as que tenho antes de voltar pra El Calafate. […]

29 10 2009
O céu é o limite « O viajante possível

[…] noite dormi muito pouco, pois estava muito ansioso pra pegar o avião em direção a El Calafate. Levantei as 5h e as 6h, com tudo escura já estava no aeroparque nacional, em Bs As. No saguão de […]

30 10 2009
Na Periferia… « O viajante possível

[…] de rodar toda a florida em busca de sapatos adequados pra El Calafate e o Deserto de Atacama, achamos que seria mais fácil ver isso no shopping e assim o fizemos. Lá […]

30 10 2009
Caminhando e cantando e seguindo a canção! « O viajante possível

[…] Descanso merecido, levantamos acampamento e seguimos pela Av Libertadores, onde ficam várias embaixadas e prédios residenciais de alta classe. Andamos e cantamos até não agüentarmos mais. Atravessamos as 10 pistas e ficamos no ponto de ônibus cantando “ilha, ilha do amor Madagascar/ ilha, ilha do amor/ olodum aye…” ri muito! Desistimos do ônibus e fomos de táxi mesmo. Agora tô aqui escrevendo e esperando pra ver o que a galera decide fazer esta noite. Amanhã começo a ver os trâmites da continuidade da viagem. Acho que vou conseguir descer até a Geleira de El Calafate. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: